Vai que cola: Google, Facebook e Microsoft se defendem sobre o PRISM | Portal Mosaico

Vai que cola: Google, Facebook e Microsoft se defendem sobre o PRISM

NSA-espia-brasil

As três empresas de tecnologia disseram ao Senado brasileiro que não entregam livremente dados de Brasileiros ao governo dos EUA. Após o escândalo do PRISM, em que empresas Americanas estariam fornecendo acesso irrestrito ao governo dos EUA para nos espionarem, Google, Microsoft e Facebook foram convocados pelo Senado para debater sobre essa suposta espionagem.

O responsável pelas Relações Governamentais do Facebook, Bruno Magrani, disse que só 0,00002% das requisições de informação vieram do governo estadunidense, como não deixaria de ser, as outras duas empresas seguiram a mesma linha de resposta, dizendo que fornecem dados apenas quando são solicitadas e obrigadas a tal.

A Microsoft, por meio de Alexandre Esper, diretor-geral Jurídico e de Relações Institucionais da Microsoft Brasil (que cargo, hein?), disse que solicitou ao Tribunal de Vigilância de Inteligência Estrangeira dos EUA permissão para revelar os dados que foram solicitados por eles, mas que ainda não obtiveram resposta do departamento. “A privacidade e a segurança dos nossos usuários são preservadas e não oferecemos acesso irrestrito a dados de clientes a nenhuma autoridade.”, disse ele.

Já Marcel Leonardi, diretor de Políticas Públicas do Google no Brasil, disse que “Não existe nenhum mecanismo de acesso a essas informações, apesar de diversos países terem sugerido isso. Ninguém pode pegar esses dados em nossa empresa”. Ele também disse que se pudesse, revelaria as informações que o governo de Obama teve acesso.

É, tá fácil assim, não? Dizer que revelaria as informações apenas se o governo assim permitisse… Quer dizer, a responsabilidade de provar ou não que os Estados Unidos espionam o Brasil está única e exclusivamente nas mãos do governo dos Estados Unidos. Não sei pra vocês, mas aqui me pareceu uma saída de mestre essa das empresas, será que a gente acredita?

Imagem: Divulgação/Internet

Posts Relacionados


Top