Planeta Terra Festival reúne 27 mil pessoas com diversos shows memoráveis | Portal Mosaico

Planeta Terra Festival reúne 27 mil pessoas com diversos shows memoráveis

Planeta Terra Festival 2013

O Planeta Terra Festival 2013 reuniu no último sábado (09/11) 27 mil pessoas no Campo de Marte em São Paulo, com shows das bandas Blur, Beck, Lana del Rey, Travis e outros diversos shows memoráveis, coisa que todo Planeta Terra consegue realizar.

Em uma nova casa um pouco menor que a anterior, o festival conseguiu manter uma boa organização e quase nenhum problema com espaço e interferências de palco, era um pouco raro ouvir o outro palco nos momentos dos shows. Alimentação e bebida estava bastante variada, mas com menos locais para conseguir por causa do espaço desta edição. Apesar de tudo isso, era bem fácil de se locomover entre o festival, pelo menos no começo da tarde. O festival inovou este ano com banheiros fixos e um tanto quanto organizados e mais higiênicos, infelizmente só havia um local com esses banheiros, o resto eram químicos, mas ainda assim diminuía o número de utilizadores, mantendo um pouco mais limpos.

Palma Violets. Imagem: Pedro Henrique Fernandes Cardoso

Palma Violets. Imagem: Pedro Henrique Fernandes Cardoso

O festival começou com a banda paulista Hatchets, e ainda com direito a cover de Rhythm of the Night, mostrando que tem potencial com notáveis traços de seu produtor Darren Lawson (Bloc Party, White Lies e Klaxons). Seguindo por Muddy Brothers, O Terno, Bnegão & Seletores de Frequência e sem deixar de comentar o show da atriz do Porta dos Fundos, Clarice Falcão, com seu show honesto e simpático, conseguiu agradar boa parte do público presente (que foi grande), contando mesmo com quem não a conhecia. Pouco depois foi a vez de Palma Violets subir no palco Smirnoff mostrando que sabiam o que estavam fazendo com seus instrumentos, fazendo um dos shows mais memoráveis de todo o festival mesmo com as poucas pessoas que presenciaram. The Roots também deixou sua marca registrada no festival com sua mistura de Jazz, batidas eletrônicas e seu hip-hop instrumental.

Blur. Imagem: Pedro Henrique Fernandes Cardoso

Blur. Imagem: Pedro Henrique Fernandes Cardoso

Travis fez bonito em sua primeira passagem pelo país, mas grande parte do público presente no momento do show estava lá para ver Lana del Rey. Grande parte do público foi para o festival somente para ver a cantora, que deixou seus fãs frenéticos quando entrou no palco, distribuindo vários autógrafos, selinhos e abraços com o público logo no início do show. Após o término de seu show, o palco Terra deu uma boa esvaziada permitindo que o pessoal do aguardado show do Beck saíssem e conseguissem um bom lugar também para ver a clássica banda de britpop, Blur. Com um “Boa Noite” Damon Albarn abriu seu show com Girls and Boys, fechando o festival com chave de ouro após 14 anos desde sua última passagem pelo país. Com vários de seus clássicos, Blur fez uma memorável apresentação no país, sendo o momento mais marcante da última edição do festival.

O caloroso festival fechou mais uma edição que fica para a história, trazendo grandes nomes da música alternativa internacional e dos novos prodígios nacionais. Que o Planeta Terra continue com seu legado por muitos anos.

Imagem (capa): Divulgação/Internet

Estudante de Contabilidade, amante de indie rock, rock alternativo, synth-rock e eletropop, viciado em video-games e afins. Frequenta a maioria dos festivais de músicas e outros eventos de cultura Geek de São Paulo e região. Um dos idealizadores do projeto qual se tornou no Portal Mosaico, do qual hoje é administrador e editor. Sempre acompanha tudo que é novidade no mundo dos jogos, músicas e tecnologia.

Posts Relacionados


Top