O poder das ondas sonoras (levitação de partículas, por enquanto)

O poder das ondas sonoras (levitação de partículas, por enquanto)

Pesquisadores da Universidade de Tóquio realizaram em laboratório a levitação de partículas provocada por ondas sonoras. É isso mesmo que você leu! As ondas sonoras que toda música possui foram manipuladas para levitar objetos.

Tentarei explicar da forma mais simples possível.

Em essência a técnica de levitação é a compensação da gravidade. O eixo acústico do feixe de ultra-som (lembrando que  ultra-som é imperceptível a audição humana) era paralelo com a força gravitacional, e o objeto levitado foi manipulado ao longo do eixo fixo (unidimensional), controlando as fases e/ou frequências. No estudo, considerou-se a manipulação acústica prolongada em que partículas milimétricas levitavam, e mudou-se tridimensionalmente por ondas estacionárias de ultra-som direcionadas. A outra é a direção do feixe de ultra-som, porque a força que atua para o seu centro, também é utilizada

ondas estacionárias

Ondas estacionárias

 

Phased_array_beam

Feixe de ultra-som

Dessa forma, posicionaram um feixe de ultra-som em oposto ao outro (tudo em fase ultra-sônica), se transformando em uma matriz tridimensional.

Assim sabe-se que a onda estacionária de ultra-som é capaz de suspender pequenas partículas em seus nós de pressão sonora e, por enquanto, este método tem sido usado para levitar partículas leves, pequenos objetos e gotas de água.

Não entendeu nada?!!!

Melhor você entender com seus próprios olhos no vídeo abaixo:

Imagem: Divulgação/Internet
Eduardo Salles

Jornalista; idealizador, co-fundador, administrador e editor do Portal Mosaico; colunista do site musical Rock Noize (Coluna S&S); colunista do site esportivo Vida de atleta; Advogado; Membro efetivo da comissão de Direitos Autorais da Ordem dos Advogados do Brasil secção São Paulo; Professor de Filosofia e de Sociologia. Amante do estudo do comportamento humano, além de moda, games, música alternativa e suas vertentes dos anos 80 e 90, Synthpop/Eletropop, e o atual Indie rock. Instagram: lordsalles; [email protected]

Top