BGS 2013 termina com 150 mil visitantes. Confira nossa cobertura! | Portal Mosaico

BGS 2013 termina com 150 mil visitantes. Confira nossa cobertura!

BGS

A Brasil Game Show fechou na ultima terça-feira (29/10) com 150 mil visitantes, e edição de 2014 já está confirmada para acontecer entre 8 e 12/10, ambas informações divulgadas pela organização do evento. Fui até a feira no sábado para ver como estavam as coisas com a nova geração dos consoles e para conhecer a feira em geral.

A princípio deu para perceber, mesmo fora do evento, uma organização muito forte, coisa que seguiu até o final do evento, mas continha uma gigantesca fila que podia se estender a até 4 horas em baixo do sol. Apesar da demora e do calor, nada tirava o ânimo dos gamers para conhecer a nova geração de consoles.

Dentro do evento havia uma certa agilidade para entrar e já dava de cara com estandes do FIFA 2014 e Battlefield 4 e mesmo com várias estações de teste, a fila era demorada, cheguei a ficar cerca de duas horas e meia apenas para jogar Assassins Creed IV para PS4. Todos os estandes como do Assassins Creed, Call Of Duty Ghosts, e até os menores estavam lotados.

O estande da Microsoft era bem chamativo, mas tinha poucas unidades do Xbox One para jogar, fazendo com que uma fila enorme e demorada se estendesse em volta do mesmo. Alguns jogos como Dead Rising 3 fez falta para teste, mas em compensação Ryse: Son Of Rome fez bonito.

Já o estande da Sony estava bem minimalista com várias estações de teste do PS3, Vita e PS4 com jogos já lançados e jogos Indie além de uma grande e bonita estação para teste do Gran Turismo 6. Com um expositor com seu novo console e uma loja oficial atrás. Mesmo com mais estações as filas eram demoradas, mas era o mesmo de qualquer canto da feira.

Infelizmente a Nintendo ficou de fora esse ano.

Mesmo com a nova geração na área, os outros estandes, como da Level Up! e do League Of Legends, estavam bem populares. A praça de alimentação estava bem variada e o espaço para o pessoal relaxar um pouco era bom.

Como veredito final, a feira tinha uma ótima organização e espaço. Os dois “grandes” estavam tomando território de formas totalmente diferentes, mas cada um conseguiu um bom mérito. Os estandes dos jogos da nova geração não ofuscaram os menores que também tinham coisas divertidíssimas para ver, mas infelizmente as enormes filas impediam de ver toda a feira em apenas um dia. Quem quisesse ver tudo o que a feira tinha para os gamers, eles teriam de ir pelo menos dois dias, ou pago o ingresso premium, o qual dava acesso no dia exclusivo para imprensa.

Imagem: Divulgação/Internet

Estudante de Contabilidade, amante de indie rock, rock alternativo, synth-rock e eletropop, viciado em video-games e afins. Frequenta a maioria dos festivais de músicas e outros eventos de cultura Geek de São Paulo e região. Um dos idealizadores do projeto qual se tornou no Portal Mosaico, do qual hoje é administrador e editor. Sempre acompanha tudo que é novidade no mundo dos jogos, músicas e tecnologia.

Posts Relacionados


Top